Serrinha

Luciano Vargem

Quem nasce na Serrinha, já nasce com o sangue verde-e-branco.

> Depoimento completo


Situada na divisa com Vaz Lobo, a Serrinha conta com 1.141 habitantes. É conhecida por ter dado origem à escola de samba Império Serrano, uma das mais queridas do carnaval carioca. A comunidade começou o início do século 20, com a chegada de trabalhadores removidos de morros do Centro e das famílias de trabalhadores e escravos libertos do Vale do Paraíba. A presença desses ex-escravos trouxe para a comunidade a cultura do jongo, que permanece até hoje. No fim da década de 1960, dois moradores do Morro da Serrinha, Mestre Darcy e Vovó Maria, criaram o Jongo da Serrinha, local de renovação e prática da dança trazida pelos escravos africanos, tombado como Patrimônio Imaterial.
Em 1996, o morro foi beneficiado pelo programa de urbanização Favela Bairro, que dotou o lugar de acessos pavimentados e iluminação pública. Em 2000, a ONG Jongo da Serrinha ganhou uma sede, que se tornou importante núcleo cultural na comunidade. Apesar da vibração, a localidade sofre rotineiramente com conflitos violentos entre grupos armados.